Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos

Como uma prefeitura pode oferecer serviços inovadores aos frequentadores e turistas de uma região? No estudo de caso de hoje, vamos conhecer detalhes sobre o projeto Viva o Laranjal. Localizado na Lagoa dos Patos, maior laguna da América do Sul e que banha Pelotas e outras cidades no Rio Grande do Sul, a Praia do Laranjal viu alguns dos quiosques de lanches se tornaram casas irregulares sob a areia. Em 2014, foi decretado a retirada destes trailers e quiosques fixos, uma ótima decisão para os espaços públicos, porém por outro ponto de vista, a decisão reduziu a oferta de serviços para a população e turistas na orla praia.

De maneira planejada a Secretária de Mobilidade Urbana desenvolveu um padrão arquitetônico para 6 novos quiosques, com o objetivo de oferecer concessões para a iniciativa privada. Entre os 6 quiosques, foi definido que um deles seria da Prefeitura, com a intenção de oferecer inovação e novos serviços de utilidade pública na praia. Em um projeto de Design de Serviços Públicos, por meio da Comunitas e do Programa Juntos, a Agência Tellus foi convidada para criar e implementar um plano de ação com engajamento da comunidade para a revitalização da área da Praia do Laranjal, em Pelotas. O projeto tinha como objetivo transformar a área em uma opção de lazer para moradores da região e turistas, reunindo atrativos para frequentadores durante o ano todo.

Como exploração inicial, a Agência Tellus promoveu 5 oficinas, 15 entrevistas e pesquisas complementares, entre elas, um mapeamento de outros serviços públicos na região do Laranjal, para aprofundar o conhecimento da equipe sobre a região e perfil da população local. Com isso foram identificados alguns insights sobre a região:

  • Laranjal não é um parque, é uma praia. Mas o espaço é usado como parque, sendo frequentado para prática de esportes, diversão e contemplação;
  • A praia do Laranjal é um pequeno paraíso reservado aos moradores e visitantes;
  • Um ambiente calmo de conexão profunda com momentos em família;
  • Um local para estar com a comunidade, se reencontrar com amigos e com a própria cidade.

Esse panorama fez com que a equipe da Agência Tellus definisse três pilares principais para as soluções: Hospitalidade – Soluções para a boa recepção e maior permanência de todos que frequentam a praia; Vivência – Oferecer experiências de esporte, cultura e lazer na praia de forma contínua e constante, e Convite – Ações que acontecem em dias e horários marcados. Apresentações, eventos, agendamentos, etc. Além disso, foi feito uma redefinição do desafio, resumido em uma pergunta: Que serviços de hospitalidade, vivência e convite para a praia, o quiosque pode oferecer aos frequentadores e aos futuros/possíveis frequentadores da praia do Laranjal?

Cocriação: Soluções, impacto e viabilidade de implementação

Com oficinas de cocriação entre secretários, servidores públicos e convidados, foram apresentadas soluções desenvolvidas em grupos e, para facilitar a apresentação e tangibilizar o serviço, a equipe do Tellus agrupou e detalhou cada solução em um mapa do novo quiosque de serviços do Laranjal.

Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos
Primeira versão do mapa de soluções categorizado nos pilares conceituais do projeto.

Resumido em um mapa visual, todas as soluções foram apresentadas e validadas com o prefeito e vice-prefeita. Os critérios adotados para aprovação das soluções foram: impacto, orçamento, capacidade técnica e tempo viável para implementação.

Implementação: Treinamento, protótipos e nova marca

Dividido nos três pilares principais, as idéias aprovadas viraram alguns protótipos em 3D. Como, por exemplo, o desenho técnico do bicicletário para o serviço de empréstimos de bicicletas e o chimarródromo. Além disso, iniciou-se o processo de seleção da equipe de atendimento do quiosque de serviços, e o teste com protótipos, como a cadeira anfíbia para banho assistido (veja abaixo).

Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos
Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos
Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos

Como parte do projeto, também foi entregue a nova marca para a região. Com o conceito “a praia do Laranjal é onde a cidade para um pouquinho e se reencontra consigo mesma”, a marca Viva o Laranjal explora os dois sentidos da palavra. Primeiro, convida moradores, visitantes e turistas a vivenciar uma experiência diferente nessa praia única. Viver o Laranjal significa relaxar, entrar em contato com a natureza, rever amigos e fortalecer laços com a família e com a comunidade. Além disso, é uma exclamação, uma celebração alegre e positiva.

Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos

Por fim, a implementação contou com visitas e acompanhamento da obra dos quiosques, produção de placas de sinalização, planejamento e acompanhamento de licitações, definição das equipes de atendimento, construção da nova estrutura de governança (com participação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Secretaria de Cultura e Educação) e desenvolvimento do calendário de funcionamento dos quiosques para o decorrer do ano.

Após completar um ano, a iniciativa já contabilizava 15.900 atendimentos, dentre empréstimos de material esportivo, cadeiras de praia e bicicletas, além de aulas de ginástica e caminhadas na orla, e vários aprendizados, dentre eles, que é possível revitalizar uma grande área por meio da inovação e do Design de Serviços Públicos.

Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos
Projeto Viva o Laranjal: Transformando uma região com o design de serviços públicos